Tratamento natural para infecção urinária

As mulheres são as que mais sofrem com infecção urinária e existe uma estimativa de que 80% das mulheres vão ter, em algum momento, um quadro de infecção urinária.
A cistite é a mais comum das infecções urinárias e acontece na bexiga, mas pode ocorrer também na uretra, nos ureteres e em casos mais graves, nos rins.

A infecção urinária quase sempre acontece quando a bactéria E. Coli, encontrada naturalmente no intestino, entra pela uretra e se instala e prolifera em algum dos órgãos do trato urinário. Devido ao seu formato anatômico, uretra mais curta e  mais próxima  do ânus, as mulheres são as mais afetadas.

Veja abaixo uma lista de chás que tratam a infecção urinária

Ardor ao urinar, aumento da vontade de fazer xixi, urina escura e com cheiro forte e urina com sangue ou mesmo febre são alguns dos sintomas de infecção urinária.

Algumas plantas são bastante eficientes e uma alternativa para combater o problema. Caso persista, é imperativo que você consulte um médico. Se a infecção se instalar nos rins, é bastante perigoso.

 

Chá para cistite

 

– Cabelo de Milho:

Ferva 750 ml de água e despeje 5g de cabelo de milho, 5g de zimbro e 5g de alteia, deixando em infusão por aproximadamente cinco minutos. Divida o conteúdo em quatro porções e tome ao longo do dia.

– Chá de alfazema:

Ferva uma xícara de chá de água, desligue o fogo e coloque uma colher de chá de flores de alfazema. Tampe o recipiente por dez minutos, coe e beba o chá. A receita deve ser repetida de duas a três vezes ao dia.

-Chá de folha de abacateiro:

Em um recipiente, coloque um litro de água com folhas secas de abacateiro. Leve ao fogo até alcançar fervura e deixe ferver por cinco minutos. Desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe esfriar. Beba de duas a três vezes ao dia.

-Chá de vara-de-ouro:

Ferva uma xícara de chá de água, desligue o fogo e coloque duas colheres de sopa de folhas secas de vara-de-ouro. Deixe descansar por dez minutos e coe. Beba várias vezes ao dia.

-Chá de salsa:

Em um recipiente, coloque 2,5 litros de água e 20g de salsa fresca picada. Leve ao fogo e deixe ferver por cinco minutos. Apague o fogo, tampe o recipiente e espere esfriar. Coe e beba de três em três horas durante o dia, como um substituto da água.

– Mistura de ervas:

Ingredientes:

– 1 colher de chá de uva-ursi;
– ½ colher de chá de cabelo de milho;
– ½ colher de chá de raiz de alteia;
– ½ colher de chá de casca de viburno;
– 250 ml de água.

Modo de preparo:

Coloque os ingredientes em um recipiente e misture triturando-os com uma faca. Coloque as ervas numa panela, cubra com 250ml de água, mexa e acenda o fogo. Deixe ferver por 2 minutos e desligue. Após desligar, deixe descansando por 20 minutos. Com a ajuda de uma colher, aperte as ervas para que o chá fique mais forte e coe. A indicação é de até 4 xícaras pequenas deste chá ao dia.

 

Lembre-se que qualquer automedicação pode ser perigosa e o ideal é consultar um especialista antes de iniciar qualquer tratamento!